quinta-feira, 7 de julho de 2016

EDUARDO CUNHA RENUNCIA À PRESIDÊNCIA DA CÂMARA DOS DEPUTADOS

O presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), concedeu há pouco entrevista coletiva para anunciar sua renúncia à Presidência da Câmara dos Deputados. O deputado afastado por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF) convocou a entrevista com a imprensa para às 13h no Salão Verde. Antes da coletiva, Cunha se reuniu na sala da Presidência. A entrevista começou por volta das 13h25.

Cunha, ao agradecer o partido, os colegas, a família, se emocionou e não conteve as lágrimas. Ele disse ter a "consciência tranquila". Disse que contribuiu para que o Brasil se livrasses do "criminoso governo do PT". 

De acordo com aliados, a estratégia de Cunha ao renunciar à presidência é para garantir que vai conseguir manter seu mandato de deputado federal. Ontem o deputado Ronaldo Fonseca (PROS-DF), relator do recurso de Cunha na Comissão de Constituição e Justiça, aceitou em parte um dos pedidos do presidente afastado o que significa que a votação no Conselho de Ética que decidiu pela cassação do mandato de Cunha deverá ser refeita.

Deputados do PMDB já avisaram o Palácio do Planalto sobre a saída de Eduardo Cunha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário