segunda-feira, 2 de novembro de 2015

ido do HSBC cresce 12,6% em nove meses


O Banco HSBC, o maior da Europa, informou nesta segunda-feira que seu lucro líquido entre janeiro e setembro subiu 12,6% frente ao mesmo período de 2014, devido a uma redução de custos. Em comunicado enviado hoje às bolsas de Londres e Hong Kong, a entidade indicou que seu lucro atribuído acumulado alcançou nos nove meses do ano US$ 14.847 bilhões frente aos US$ 13.177 bilhões obtidos no mesmo período do ano passado.

Como parte de seu plano de redução de custos, o HSBC anunciou em junho a supressão de postos de trabalho e a venda de ativos, e em agosto a venda de suas operações no Brasil. Em termos trimestrais, o lucro líquido acumulado alcançou os US$ 5.229 bilhões entre julho e setembro, uma alta de 52,4% frente ao mesmo trimestre do ano anterior, quando ganhou US$ 3.431 bilhões.

Segundo o comunicado, o lucro bruto acumulado foi de US$ 19.725 bilhões, uma alta de 16,3% frente ao mesmo período do ano anterior, quando ganhou US$ 16.949 bilhões. O lucro operacional foi nos nove meses de US$ 17.725 bilhões, frente a US$ 14.984 bilhões nos nove meses de 2014. A proporção de eficiência foi de 70,8% nos nove meses contra 71,4% no mesmo período do ano anterior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário