quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Lava-Jato: Tribunal mantém prisão preventiva de Marcelo Odebrecht


A 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) julgou nesta quarta-feira o mérito do segundo habeas corpus ajuizado pela defesa do presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, e manteve a prisão preventiva do empresário, detido desde 19 de junho por decisão do juiz federal Sergio Moro. 

O primeiro habeas julgado pela 8ª Turma foi considerado prejudicado por perda do objeto devido a novo decreto de prisão preventiva expedido por Moro no dia 7 de julho, tendo por base novas provas acrescentadas pela investigação.

A defesa precisou recorrer com novo habeas corpus, julgado nesta tarde, contestando os fatos apontados no segundo decreto prisional. Conforme o advogado, teria sido uma manobra do juiz de primeira instância para manter seu cliente preso. Ele alega que os fundamentos não foram suficientes e que a libertação do empresário não traria risco à ordem pública ou à instrução criminal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário