segunda-feira, 2 de março de 2015

Segup e rodoviários discutem medidas de segurança para a categoria

Representantes do Sistema Estadual de Segurança Pública e Defesa Social estiveram reunidos na tarde desta segunda-feira (2) com lideranças dos sindicatos dos rodoviários do Pará e dos municípios de Ananindeua e Marituba, na sede da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), em Belém. Durante o encontro, o grupo conversou sobre os ataques a ônibus ocorridos na semana passada e definiu estratégias para o combate à violência e à criminalidade nos ônibus na Grande Belém.

“Consideramos importante a parceria entre as instituições de segurança pública e as entidades que representam a categoria dos rodoviários. É preciso também deixar claro que, em nenhum momento, mencionamos que a polícia não estava trabalhando e que havia algum indicativo de paralisação dos coletivos na região metropolitana. Vamos ajudar no que for preciso para o sucesso das ações em favor do reforço da segurança dos trabalhadores e da população. Na Rodovia Arthur Bernardes, por exemplo, essa parceria deu certo e já sentimos a mudança para melhor. Não houve mais assaltos naquela área, em virtude da maior presença da polícia nos pontos estratégicos”, frisou o diretor do Sindicato dos Rodoviários do Pará, Edilberto Robson.

“É preciso que essa sintonia com o Sistema de Segurança seja permanente. Podemos citar, por exemplo, as barreiras e revistas feitas pela polícia nos coletivos, em pontos críticos apontados pela categoria, que funcionam muito bem”, ressaltou o presidente do Sindicato dos Rodoviários de Ananindeua e Marituba, Huellen Ferreira da Cunha.

“Todos queremos um ambiente seguro e, para isso, é muito importante fortalecer essa rede comunitária e a comunicação entre os órgãos do governo e as entidades que representam os trabalhadores. Esse é um dos caminhos que podem nos ajudar as vencer diversas dificuldades, como, por exemplo, o quantitativo do efetivo policial”, disse o diretor geral de Operações da Polícia Militar, coronel José Roberto Damasceno.

O secretário adjunto de Gestão Operacional da Segup, coronel Hilton Benigno, disse que “a reunião teve o objetivo de encontrar soluções para minimizar alguns dos principais problemas, como os assaltos a ônibus e a queima de coletivos, além de definir medidas que serão adotadas para o enfrentamento à criminalidade”.

Ele apresentou aos rodoviários o aplicativo Ponto Cidadão. Trata-se de uma nova ferramenta, desenvolvida pela Segup, em conjunto com a Empresa de Processamento de Dados do Pará (Prodepa), para que a população tenha um moderno canal de comunicação com a área de Segurança Pública, a partir do smartphone, com apenas alguns toques na tela.

“Caso haja alguma informação relevante a comunicar, basta usar o aplicativo, escolher entre as opções disponíveis e enviar informações adicionais. O aplicativo está disponível para smartphones de sistema IOS e Android”, disse o secretário adjunto. Ele explicou ainda que, além de informar sobre o registro de boletins de ocorrência, o cidadão também pode fazer denúncias, enviar fotos, informar a respeito de ocorrências sobre assaltos a ônibus e em postos de saúde e casos de violência nas escolas.

Foi marcada para a próxima sexta-feira, 6, uma nova reunião, com a presença de representantes do Sistema de Segurança Pública e dos sindicatos dos rodoviários, para detalhar as ações que serão desenvolvidas. No fim da reunião, o titular da Segup, Jeannot Jansen da Silva Filho, disse que considera importante a integração entre as instituições de segurança e os rodoviários.

“Esses encontros contribuem de forma especial para a situação. Vamos fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para que os rodoviários possam trabalhar em paz e em favor da segurança da população. Serão definidas táticas e estratégias, a fim de que os objetivos colimados por todos que estão presentes aqui sejam alcançados”, afirmou o secretário. A reunião também teve a presença de representantes do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Belém (Setransbel).

Nenhum comentário:

Postar um comentário