sábado, 28 de fevereiro de 2015

Programa Telessaúde é apresentado pela Uepa em Altamira

O município de Altamira, no sudoeste do Estado, é sede nesta sexta-feira, 27, de reunião do Programa Mais Médicos. O encontro tem como objetivo discutir as ações do governo federal para a melhoria da saúde no Estado. Participam do encontro médicos, enfermeiros e profissionais da saúde do Pará.

Além do Mais Médicos, programas como a Rede Cegonha e os de Atenção Básica à Saúde fazem parte da programação. A Universidade do Estado do Pará (Uepa) será representada pelo servidor Kleber Vilhena, que vai ministrar a palestra Telessaúde – uma ferramenta importante para o fortalecimento das ações de apoio à atenção à saúde e de educação permanente das equipes de atenção, na qual fará a exposição do funcionamento do programa no Estado.

O Telessaúde tem como objetivo melhorar a qualidade do atendimento básico no Sistema Único de Saúde (SUS) usando tecnologias de informação. Por meio dele, os profissionais de diversas especialidades e municípios podem fazer assistência médica on-line em tempo real. “Imagine que existe paciente em Altamira que precise se deslocar até Belém para fazer um atendimento. Com o sistema, o médico pode ter acesso aos formulários do paciente e agilizar esse atendimento”, explica Kleber Vilhena.

No Pará, a Uepa é a sede do Núcleo do Telessaúde. No ano passado, representantes do Ministério da Saúde fizeram a verificação das estruturas do projeto da universidade para alocar mais recursos para a ampliação do programa. Além da capital paraense, os municípios de Ananindeua, na região metropolitana, e Santarém, no Baixo Amazonas, devem receber núcleos. Atualmente, 44 municípios do Estado estão cadastrados no programa e a expectativa é a ampliação para todos os municípios do Pará.

Nenhum comentário:

Postar um comentário