sábado, 21 de fevereiro de 2015

GILBERTO GIL: DILMA SE AJUSTOU AO MERCADO

Em entrevista ao jornalista Claudio Leal, de Carta Capital, o músico e ex-ministro Gilberto Gil criticou o fato de a presidente Dilma Rousseff ter se ajustado ao mercado, neste seu segundo mandato.

“A presidente optou por deixar um pouco de lado a tentativa de criar uma maneira própria, brasileira, de contemplar essa questão de distribuição de renda, fazendo o Estado mais investidor no social, mesmo com certo desequilíbrio, mesmo com problema de inflação, mesmo com problema de desajuste fiscal. Ela optou por se ajustar. Vamos ver no que vai dar isso”, disse ele.

"A campanha foi pautada por tudo isso. Ela, tendo que defender posicionamentos anteriores do setor político dela, do PT e das alianças, daquilo que foi o governo Lula, a questão das privatizações. As oposições básicas que foram estabelecidas entre a social-democracia do PSDB e o trabalhismo novo do PT. E agora ela é acusada de ter contrariado o marketing de campanha. De todo modo, ela está arriscando fazer isso. Porque, segundo ela, é mais importante ouvir a voz dessa racionalidade internacional que está aí, para evitar que o País fuja muito do sistema mundial, fique muito à deriva, muito desprotegido desses colchões internacionais: o Fundo Monetário Internacional, a imprensa econômica mundial, The Economist, os jornais americanos..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário