terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Dólar fecha quase estável, com alta de apenas 0,02%

O dólar fechou praticamente sem alterações nesta segunda-feira (23), com alta de 0,02%, a R$ 2,8792 na venda. Durante a sessão, chegou a atingir a máxima de R$ 2,9046, maior cotação desde setembro de 2004. Ações de exportadores e operações de realização de lucros após ganhos, contudo, teriam limitado uma alta maior. O giro financeiro ficou em US$ 859 milhões, de acordo com a BM&F. 
Um dos fatores de pressão seriam as chances de desentendimento entre Grécia e outros europeus, que poderia levar o país a sair da zona do euro. Outra questão seria o próprio cenário macroeconômico brasileiro, que teriam motivado investidores a reduzir o ritmo de comprasde ativos em real, e a política monetária norte-americana. 
O Banco Central vendeu a oferta total de até 2 mil swaps cambiais pelas atuações diárias, com venda de 100 contratos para 1º de dezembro de 2015 e 1.900 para 1º de fevereiro de 2016. Também vendeu a oferta integral de até 13 mil swaps para contratos com vencimento em 2 de março, equivalentes a US$ 10,438 bilhões. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário