sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Casa Militar completa 98 anos e homenageia servidores

A Casa Militar da Governadoria do Estado do Pará completou 98 anos homenageando 70 civis e militares que colaboraram com os serviços da instituição no último ano, com a entrega da Medalha do Mérito Comendador Lauro Sodré. A Casa Militar é o órgão que treina policiais militares e os destaca para fazer a segurança de autoridades.
A cerimônia, realizada no Hangar - Convenções e Feiras da Amazônia, foi prestigiada pelo governador do Estado, Simão Jatene, que fez questão de entregar, uma a uma, todas as medalhas. “Temos que parabenizar os agraciados e os familiares deles pelo sacrifício de arriscar suas vidas pelas nossas”, destacou o governador.
Entre os homenageados estão tenentes, coronéis, soldados, cabos, prefeitos, vereadores, secretários, superintendentes, administradores e servidores públicos. Além das medalhas, foram entregues certificados de agradecimento aos préstimos dos antigos chefes da Casa Militar, também homenageados.
Para o atual chefe da Casa Militar, tenente coronel César Mello, que serve na Casa há oito anos, é uma honra hoje chefiar a instituição. “Não tenho como descrever participar de uma corporação quase centenária. O que posso falar é que a festa de hoje foi uma reunião daquelas pessoas que começaram com isso. É um prazer muito grande, uma honra, receber essas pessoas e continuar o que elas começaram a fazer”, afirma.
História
No dia 12 de fevereiro de 1917, o governador do Estado do Pará, na época Lauro Sodré, constituiu, por meio de decreto, a Casa Militar. No início, a estrutura era formada apenas por um assistente e um ajudante de ordem, os dois da Brigada Militar do Estado. Somente em 2 de abril de 1985, as funções e competências da instituição foram regulamentadas.
A Casa Militar da Governadoria do Estado assiste ao governador e ao vice-governador em assuntos militares, coordenando as ações do chefe de Estado com as autoridades militares. Além de garantir a segurança do governador, seu vice e os familiares de cada um, é responsabilidade da Casa também o transporte aéreo, fluvial e rodoviário de hóspedes oficiais e outras autoridades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário