sábado, 17 de janeiro de 2015

LAVA JATO: PROPINA A LOBISTA RODOU SETE PAÍSES

Delator da Operação Lava Jato o consultor Julio Camargo detalhou à Justiça as transferências a Fernando Soares, lobista ligado ao PMDB,,que segundo ele, somam cerca de US$ 30 milhões.
O dinheiro teria sido depositado em contas de pelo menos sete países e, de acordo com o Ministério Público, abasteceu a propina que teria sido paga ao ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, preso na última quarta-feira.
As transações foram feitas entre empresas que Camargo e Baiano mantinham, no exterior, e também por meio do doleiro Alberto Youssef, que intermediou parte dos repasses.

Nenhum comentário:

Postar um comentário