domingo, 25 de janeiro de 2015

Igreja evangélica mobiliza comunidade para doar sangue na Estação Castanheira

A Igreja Evangélica Nova Vida, Unidade Sousa, por meio do Ministério Papo de Princesa, se mobilizou para que seus membros e a comunidade de entorno doassem de sangue neste sábado (24), na Estação de Coleta Hemopa Castanheira. A ação, que reuniu quase 30 fiéis da Igreja, faz parte das atividades sociais do Ministério, iniciadas em outubro passado, com pacientes do Hospital Ophir Loyola. Coordenadora do evento e do “Papo de Princesa”, Flávia Rafaela de Souza Fontenele, 32 anos, disse que o grupo propaga a palavra de Deus por meio de atos de solidariedade, como a doação de sangue. “Ele ama a cada um de nós, e essa é uma forma de retribuir. É um grande ato de amor e solidariedade, que iremos repetir mais vezes durante este ano”, assegurou Flávia Rafaela.
Estudante de Medicina, Jéssica Barros da Costa, 25 anos, doou sangue pela primeira vez e aprovou a iniciativa da Igreja. “Doar sangue é doar vida, literalmente. Com esse gesto poderei ajudar a salvar várias pessoas. No mundo corrido de hoje em dia temos que parar e pensar no próximo”, disse Jéssica, moradora do bairro Coqueiro, em Ananindeua. Para ela, a Estação Castanheira “é mais perto e fácil de chegar. Um estímulo a mais para quem deseja doar”.
A doação de é necessária, disse Jeferson de Souza Coelho, 20 anos, que também doou sangue pela primeira vez, para ajudar a madrasta que passará por cirurgia. Ele, que mora no bairro Tapanã, garantiu que se tornará um doador regular, e também aprovou o novo ponto de coleta. “É mais fácil para muita gente, pois facilita e aumenta o acesso aos serviços”, reiterou.
Para a assistente social da Fundação Hemopa, Rosicleide Teodósio, a iniciativa da comunidade evangélica é muito bem vinda. Ela considera importante o envolvimento dos vários setores e instituições da sociedade no incentivo à doação. “É bastante positivo, porque auxilia na manutenção do nosso estoque e sensibiliza a comunidade para a questão da doação de sangue. Especialmente nessa época do ano, quando temos fatores como férias, chuvas e o período pré-carnavalesco, que dificultam a vinda dos voluntários”, ressaltou.
Mais doações - A Fundação Hemopa receberá ainda neste mês as doações do Grupo Terço dos Homens e da Comunidade Internacional da Família, no próximo dia 31. Em fevereiro acontecerá o Trote Solidário, com os calouros de Medicina da Universidade do Estado Pará (Uepa), no dia 3, e a Campanha Nacional de Doação de Sangue, “Doe Sangue, jogue Rugby”, nos dias 06 e 7.
Pode doar sangue qualquer pessoa com boa saúde, que tenha entre 16 e 69 anos e peso acima de 50 quilos. É necessário portar documento de identidade original e com foto, e não precisa estar em jejum. O homem pode doar a cada dois meses, e a mulher, a cada três meses. O doador deve estar bem alimentado. Menores só podem doar com a autorização dos pais ou do responsável legal. Para fazer o cadastro de doador de medula óssea o candidato deve estar bem de saúde, ter entre 18 e 55 anos, e portar documento de identidade original e com foto.
Serviço: A Fundação Hemopa fica na Travessa Padre Eutíquio, 2.109, em Batista Campos. A Estação de Coleta Hemopa Castanheira fica no térreo do Pórtico Metrópole, no acesso ao Shopping Castanheira, no KM-01 da BR-316. As coletas são feitas de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18 h, e aos sábados, das 7h30 às 17 h. Mais informações pelo Alô Hemopa (0800-2808118) ou no site www.hemopa.pa.gov.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário