terça-feira, 20 de janeiro de 2015

CELPA LIDERA RECLAMAÇÕES DE CONSUMIDORES.

Os planos de saúde são, disparados, em todo o Brasil, exceto no Pará, os campeões de reclamação dos consumidores perante o Procom. Não que, no Pará, os serviços prestados pelo planos de saúde sejam melhores do que nos outros estados. Não, aqui os problemas são os mesmos de qualquer do país quando o assunto é saúde complementar. E porque não são também aqui os campeões de reclamações? Por que são superados por uma única prestadora de serviços, chamada Rede Celpa. Tanto é assim que já existe um site (http://www.reclameaqui.com.br/7062065/celpa/falta-de-respeito-com-o-consumidor/) para que os consumidores denunciem aos maus serviços e possam ser ouvidos pelas autoridades. Como o caso a seguir: “Gostaria saber como faço para processar a REDE CELPA DE ENERGIA. É a segunda vez nesse ano que minha energia sei lá porque vai embora e simplesmente eles ignoram qualquer chamada para restabelecer minha energia. Estou desde ontem dia 22-11-2013 das 8:00 da manhã até agora sem energia. Já abri mil protocolos de atendimento e a equipe nunca aparece para verificar o ocorrido. Na primeira vez a energia foi embora na sexta-feira e eles apareceram aqui na segunda-feira para consertar porque liguei para uma pessoa que trabalhava lá dentro para me ajudar. É sempre assim CELPA, o famoso pistolão, tem que ter alguém influente para ser atendido. Cadê o RESPEITO de vocês com o consumidor. CADÊ??? Se tiver algum advogado associado na página ou lendo minha reclamação gostaria de ajuda, pois estou indo agora para a delegacia fazer um boletim de ocorrência e gostaria de orientações com que tipo de processo entro pela falta de respeito de empresa. Se eu morasse em bairro nobre já teria sido atendida né CELPA”

Pouco antes, terça-feira 13 de agosto, o site 155News também denunciou os desmando da Celpa:
Celpa. Consumidor chegou no limite e quer soluções para as quedas de energiaNotícias

Nos últimos dias a discussão e a insatisfação quanto aos serviços prestados pela Celpa vêm ganhando espaço nas redes sociais. Na comunidade do facebook nabocadopovoredex, consumidores insatisfeitos postam seus comentários, relatando prejuízos e transtornos causados pelas constantes quedas de energia. O assunto ressurgiu desde que a ANEEL aprovou o aumento das tarifas de energia para todos os municípios do Pará. O reajuste médio será de 11,52% para consumidores residenciais e 4,36 % para as indústrias.

Para o consumidor, que acumula reclamações contra a CELPA, os reajustes deveriam estar associados a uma boa prestação de serviços, energia de qualidade e melhoria na rede de distribuição. No entanto, a realidade está bem distante disso, constantes interrupções no serviço, falta de energia e muitos prejuízos com equipamentos fazem parte dessa relação de consumo. A falta de energia impacta diretamente na economia de Redenção e região que precisa da energia elétrica para se desenvolver, pois empresas optam por Estados e Municípios onde a energia é mais barata e de melhor qualidade. Parece difícil de acreditar que aqui perto, em Tucuruí, temos uma das maiores hidrelétricas do Brasil exportando energia, enquanto aqui existe uma carência, que obstrui o caminho do progresso e condena ao atraso toda uma região. Os problemas enfrentados na região são antigos e a Celpa por diversas vezes já se comprometeu a resolvê-los, promessas não cumpridas na lista do descaso com a população (…)

Há poucos dias, o Blog Carlos Santos do Pará recebeu a seguinte denúncia, que fora encaminhada ao Procurador-Chefe do Ministério Publico do Pará:

Senhor Procurador Geral,

O Movimento Popular Unificado de Belém - MPUB é uma entidade representativa dos consumidores de energia elétrica do estado do Pará inclusive com assento no Conselho de Consumidores da Celpa, representando a Classe Residencial, vem a presença de V. Sas. relatar os seguintes fatos envolvendo situações relativas aos consumidores da Classe Residencial no tocante a medição externa, indução a cobrança de taxas indevidas e aumento no consumo de energia e no valor do consumo após modificação de padrão de medição externa.

Prezados senhores, são inúmeras as reclamações recebidas por essa entidade popular de consumidores da classe residencial que se sentem lesados pela concessionária prestadora de serviços de fornecimento de energia elétrica residencial, pois inúmeras arbitrariedades vem sendo cometidas e denunciadas pelos usuários nos diversos bairros de Belém, Região Metropolitana e municípios de nosso grandioso estado do Pará, vamos aos fatos:
1. Quando há uma mudança de padrão, funcionários da concessionária tem recomendado pessoas terceirizadas para realizarem esses serviços no valor médio de R$ 200,00, dentre outras situações;
2. Temos recebido inúmeras reclamações de medição externa por estimativa e cobranças indevidas de consumo fora do padrão;
3. Além de reclamações no aumento abrupto do valor do consumo da energia consumida pelos consumidores da classe residencial se estabelecendo um caos social.

Neste sentido, solicitamos a participação do representante do Ministério Público Estadual na Audiência Pública no dia 18 de Dezembro de 2013, de 09 as 15 hs, na Câmara Municipal e Belém, para discutirmos as problemáticas levantadas por essa entidade representativa dos consumidores de energia da classe residencial no que concerne a prestação de serviços realizado pela CELPA/EQUATORIAL.

Na certeza de seu empenho na solução das questões relativas aos consumidores, desde já agradecemos o seu apoio a nossa causa.

Atenciosamente,
Presidente do MPUB

Conselho de Consumidores da Ce!pa/Equatorial-Classe Residencial

Exm.° Sr.
Procurador Geral do Ministério Público Estadual
Nesta

CNPJ: 04.453.431/0001-64 Entidade de Utilidade Pública Estadual Lei n.s 6788 8
(91) 8136-5363 * (91) 8852-8530

Em praticamente todos os municípios do Pará existe queixas contra a Rede Celpa, isto em todas as administrações que passaram pela companhia, desde a sua privatização, no primeiro governo de Almir Gabriel,

Nenhum comentário:

Postar um comentário