sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Partidos: PP, PSD e PMDB são os que tiveram maior número de deputados que votaram contra o projeto que flexibiliza a meta fiscal

Dentre os principais partidos governistas, PP, PSD e PMDB são os que tiveram maior número de deputados que votaram contra o projeto que flexibiliza a meta fiscal e autoriza o governo a fechar as contas públicas neste ano com um superávit primário (poupança para o pagamento da dívida pública) menor que o previsto na Lei de Diretrizes Orçamentárias. 

Depois de mais de 18 horas de sessão, o texto-base da proposta – considerada prioritária pelo governo e muito criticada pela oposição – foi aprovado na madrugada desta quinta-feira (4). Mas os governistas não conseguiram concluir a votação porque faltou quórum para a apreciação do último dos quatro destaques apresentados (propostas de alteração do texto principal). A votação desse destaque ficou para uma nova sessão, convocada para a próxima terça-feira (9), 

Nenhum comentário:

Postar um comentário