quinta-feira, 27 de novembro de 2014

DELATOR DE DUQUE E BAIANO VENDE SUAS JOIAS: CAVALOS

Julio Camargo, primeiro delator da segunda leva de prisões da Operação Lava-Jato, coloca todos os seus 130 cavalos de corrida à venda; ele entregou ex-diretor Renato Duque e o lobista Fernando Baiano, e se comprometeu a devolver aos cofres públicos R$ 40 milhões; elo entre a Petrobras e o poderoso banco de fomento japonês Eximbank, que financiava projetos encaminhados pela sua Toyo Setal, Camargo está solto graças ao acordo de delação; cordato, educado e discreto, ele é dono do renomado Haras Old Friends e da melhor égua em atividade no Brasil, a invicta Sai de Baixo, avaliada em pelo menos R$ 1 milhão; nome ficou emblemático da situação que ele vive; exclusivo

Nenhum comentário:

Postar um comentário