domingo, 9 de novembro de 2014

Aplicativos reforçam a interação da sociedade com o Governo

Criar canais para facilitar a interação entre a sociedade e os órgãos estaduais e, assim, melhorar a qualidade dos serviços públicos prestados à população. Este o principal objetivo do Governo Digital, ferramenta que vem sendo desenvolvida pela Empresa de Processamento de Dados do Estado do Pará (Prodepa), em parceria com as secretarias e órgãos da administração estadual. Dois aplicativos, um da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) e outro da Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa), em que a população poderá denunciar pelos seus smartphones problemas do dia a dia na prestação de serviços, deverão dar o pontapé inicial do projeto.
Os aplicativos, segundo o presidente da Prodepa, Théo Pires, estarão disponíveis para as plataformas Android e iOS. Eles estão prontos e em fase final de testes na Segup e na Cosanpa. “Ambas as ferramentas são focadas diretamente na sociedade e são mais um canal para que o cidadão possa interagir com o Governo e colaborar na melhoria dos serviços públicos. Uma das principais características é que eles irão permitir que os usuários acompanhem o andamento das suas queixas e tenham respostas sobre elas. Além disso, também ambos trabalham com o georreferenciamento. Com isso, a localização é obtida automaticamente quando a pessoa realizar o cadastro no aplicativo”, destaca.
A previsão é de que o aplicativo “Cosanpa” seja disponibilizado no final deste mês. Nele, ao fazer a queixa, três cores irão indicar o andamento do processo para o usuário: a vermelha, que significa que a queixa foi registrada no sistema; a amarela, quando a situação for encaminhada à unidade responsável pela área; e a verde, que indica ao cidadão que o problema foi solucionado pelo órgão. Nos casos em que, para ser resolvido, o problema levará um pouco mais de tempo, a cor azul indicará esta situação ao usuário. Além disso, o usuário também será informado do andamento através do email cadastrado no aplicativo.
No aplicativo da Segup, pelo o smartphone, qualquer pessoa poderá também informar a respeito do registro de boletins de ocorrência, nas delegacias, e sobre o atendimento recebido na unidade policial. Também será possível fazer o envio de fotos, reclamações e sugestões. Todo o material será encaminhado à Corregedoria e terá o constante monitoramento da Secretaria de Segurança Pública. Caso haja alguma informação relevante a comunicar, basta acionar o aplicativo, escolher entre as opções disponíveis e encaminhar as informações.
Tecnologia
Além deles, o Governo do Estado já disponibiliza dois aplicativos desenvolvidos pela Prodepa. Um deles, o “Walking Tour”, disponível para Android, disponibiliza uma visita guiada pelo Centro Histórico da Cidade Velha. Com ele, o usuário pode fazer um tour em 18 pontos do centro histórico da capital via GPS, ou através de uma lista previamente gerada desses pontos. Com o GPS, o usuário pode visualizar o mapa do local com os pontos marcados para melhor orientação. Já a lista disponibiliza os pontos com imagens e descrição dos locais, através de texto e locução em áudio, contando um pouco da história e contextualizando o turista em sua visita.
Outro aplicativo é o “Kd a Berlinda”, específico para o período do Círio. No site www.kdaberlinda.pa.gov.br, acessível por qualquer dispositivo móvel ou computador, é possível acompanhar o trajeto percorrido e o tempo. As coordenadas da berlinda são capturadas por GPS em tempo real e transmitidas pela rede 3G para um servidor. Durante a quadra nazarena, a ferramenta é uma das mais utilizadas por profissionais de órgãos de saúde e segurança, imprensa e ainda por internautas.
Facilidade
Outros órgãos, como o Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa) e a Junta Comercial do Estado do Pará (Jucepa), também já disponibilizam aplicativos para smartphones e tablets que facilitam a vida dos interessados nos serviços oferecidos pelos órgãos.
Pelo “Junta Móvel”, aplicativo apresentado em outubro pela Jucepa, durante a SuperNorter2014, é possível consultas de processos, prazos e tabela de preços. Ainda este ano, deverão ser disponibilizadas no aplicativo novas ferramentas à distância, que permitirão efetuar consultas, de forma ágil e segura, além de tomar uma série de providências sem a necessidade de ir à sede do órgão ou às Unidades Desconcentradas, viabilizando o uso de certificação digital e garantindo a conclusão de todo o processo pela internet.
No “Hemoliga”, disponível para smartphones, tablets e computador, por meio do site www.hemoliga.com.br, é possível ter acesso a diversas informações, como agendamento da nova doação, estoque de sangue, endereços, campanhas e outros locais de coleta, que podem ser acessadas a qualquer hora. “Além de diminuir a distância entre o Hemopa e a população, o aplicativo ajuda a fidelizar nossos doadores”, avalia a assistente social Lilian Bouth, da Gerência de Captação de Doadores do Hemopa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário