sexta-feira, 7 de março de 2014

Garcia: Imprensa exagera situação da Venezuela

Segundo Marco Aurélio Garcia, assessor da Presidência brasileira, o "país não parou" e há uma "valorização midiática": “Já estive aqui em outros momentos, como em 2002, e vejo que na época a crise era muito mais grave que agora, mas a dimensão dada neste momento, especialmente pelos veículos de comunicação internacionais, passa uma imagem de algo maior do que realmente é”; ele afirma que o presidente Nicolas Maduro deseja expor situação a presidentes da Unasul

Opera Mundi
 
 
Os protestos na Venezuela diminuíram de intensidade nos últimos dias, mass foram superestimados pela imprensa estrangeira. Essa é a avaliação de Marco Aurélio Garcia, assessor especial da Presidência da República para Assuntos Internacionais. Um dia depois de se reunir com o presidente Nicolás Maduro, o funcionário do governo brasileiro afirmou que o "país não parou" e que há uma "valorização midiática" do que acontece em território venezuelano.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário