domingo, 23 de fevereiro de 2014

Empate com Paysandu dará "Cidade de Belém" ao Clube do Remo, hoje

 

A decisão da Taça Cidade de Belém entre Remo e Paysandu será apenas mais um capitulo decisivo na história da rivalidade, quase centenária, do clássico mais jogado no mundo. Nos últimos 20 anos, será a 21º vez que Leão e Papão vão decidir título na história do Campeonato Paraense.
 
A história das decisões entre Leão e Papão apontam  um equilíbrio. Nas 20 oportunidades que decidiram turno ou o Campeonato Paraense, Leão e Papão possuem dez títulos cada, considerando turno, returno ou a decisão do Parazão ao longo das duas últimas décadas.
 
Se nas decisões, cada clube tem 10 títulos, no número de gols marcados, a vantagem é azulina, com apenas um gol a mais.  Foram 59 gols nas 20 finais entre Remo e Paysandu, com 30 para os azulinos e 29  para os bicolores. A média é de 2,95 por final.
 
Para o Paysandu, a chance é de passar o rival e manter a hegemonia, pois desde 2008 não perde uma final em cima dos remistas. Em contrapartida, o Remo pode garantir vaga para a tão sonhada Série D do Campeonato Brasileiro e estragar a festa bicolor, no ano do centenário. Seria uma vingança da final do 1º turno de 2005, quando os remistas perderam para o Papão nos pênaltis, quando festejavam  100 anos da fundação do Clube de Periçá
 
Resultados das finais entre Remo e Paysandu nos últimos 20 anos no Parzão:
 
FINAIS (1º TURNO, 2º TURNO E DECISÃO DO PARAZÃO): 20
 REMO: 10 TÍTULOS
PAYSANDU: 10
GOLS DO REMO: 30
GOLS DO PAYSANDU: 29
MÉDIA: 2,95
 
(com informações do Diário do Pará) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário